Açores junta-se à Associação Cruise Atlantic Islands

 

A Associação Internacional de Portos das Ilhas da Macaronésia, que detém a marca Cruise Atlantic Islands (CAI), incorpora os Açores como um novo membro.

O objetivo da Associação é promover os portos das ilhas atlânticas como destinos turísticos de cruzeiro, fomentando e reforçando a integração entre os arquipélagos que a integram.

As Ilhas dos Açores tornaram-se um novo membro da Associação Internacional de Portos das Ilhas da Macaronésia, que funciona sob a marca Cruise Atlantic Islands (CAI), e que até agora era composta pelas Ilhas de Canárias, Cabo Verde e Madeira.

A cerimónia de assinatura teve lugar na sede da Autoridade Portuária de Santa Cruz de Tenerife, com a participação da Presidente do Conselho de Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira (APRAM, S.A.), Paula Cabaço; da Presidente da Autoridade Portuária de Las Palmas, Beatriz Calzada; do Presidente da Autoridade Portuária de Santa Cruz de Tenerife, Pedro Suárez; do Presidente do Conselho de Administração dos Portos de Cabo Verde (ENAPOR), Ireneu Camacho, e do Presidente do Conselho de Administração dos Portos dos Açores, Rui Terra.

A Presidente da APRAM estendeu formalmente o convite aos Açores e apresentou-o aos restantes membros da CAI para a sua integração nesta fase. Paula Cabaço refere que: “A reunião da CAI em Tenerife destaca-se por mais um momento histórico que se regista com a entrada oficial dos Portos dos Açores como novo membro da Associação”, e salientou ainda que: “Todos os representantes das Autoridades Portuárias aplaudem este facto, que permite fechar o ciclo de incorporação dos diferentes arquipélagos atlânticos. Desta reunião saíram pontos importantes que nos permitem definir os passos para o futuro, com foco num intenso plano de promoção e marketing e com objetivos claros a serem alcançados ainda este ano”.

A Associação tem como objetivos primordiais desenvolver e promover o turismo de cruzeiros nas Ilhas Atlânticas, que atualmente representa um mercado conjunto de quase três milhões de passageiros/ano, bem como reforçar a posição dos portos que fazem parte da associação no corredor atlântico para alcançar novos mercados e promover as rotas existentes entre estes.

A Cruise Atlantic Islands está a trabalhar na definição de estratégias conjuntas com vista a obter financiamento da UE, o que permitirá o desenvolvimento de projetos conjuntos para melhorar a conectividade e impulsionar o crescimento económico das ilhas do Atlântico Médio.