ASSINADO CONTRATO PARA A CONSTRUÇÃO DE PONTE-CAIS NO PORTO DAS LAJES DAS FLORES

 

A Portos dos Açores, S.A. e o consórcio adjudicatário acabam de assinar o contrato para a execução da empreitada de construção de ponte-cais no Porto das Lajes das Flores, no âmbito dos prejuízos decorrentes da passagem nos Açores do furacão ‘Lorenzo’.

A obra tem em vista garantir os abastecimentos regulares de bens e mercadorias às ilhas das Flores e do Corvo, mostrando-se indispensável realizar, para tanto, um conjunto de obras de emergência que permitam utilizar as instalações, os cais e os terraplenos ainda com capacidade operacional, apesar das suas limitações, bem como criar novas áreas de acostagem para navios.

Nesta empreitada está prevista, desde logo, a construção de uma ponte-cais, que será implantada a cerca de 27 metros do enraizamento do molhe do núcleo de recreio náutico, segundo um alinhamento paralelo ao molhe principal do porto, o qual irá, por seu lado, ser reconstruído por completo, nos próximos anos.

Aquela estrutura terá um comprimento total de aproximadamente 167 metros, dos quais 147,2 metros são acostáveis, e apresenta 20 metros de largura, sendo equipada com os necessários acessórios de cais, como defensas, cabeços de amarração e tomadas de energia. Ali vão também ser executadas as infraestruturas para a instalação das condutas de abastecimento de combustíveis e ligação ao respetivo parque de armazenamento da ilha das Flores.

A obra comporta ainda a construção de uma rampa Ro-Ro, a implantar no enraizamento da ponte-cais e a realização de uma dragagem junto ao antigo cais aderente ao molhe, na área necessária para garantir as operações sem constrangimentos naquela ponte-cais.

O preço da empreitada objeto deste contrato, agora assinado, é de 17.376.644,38 euros, ao qual acresce o IVA à taxa legal, e o prazo de execução da empreitada, a cargo do Consórcio Etermar – Engenharia e Construção, S.A. / Sacyr Somague, S.A. / Tecnovia-Açores, Sociedade de Empreitadas, S.A., está fixado em 22 meses.