Navio de cruzeiros “SKY PRINCESS” pela primeira vez nos Açores

 

Na sequência do crescente dinamismo que a indústria de cruzeiros conheceu nos últimos meses, o arquipélago açoriano tem assumido uma posição de relevo no tão desejado regresso à normalidade, o que se tem vindo a traduzir nos diversos paquetes que têm visitado estas paragens.

Na semana que agora se inicia, deve-se manter essa afluência aos nossos portos, e das dez escalas previstas, assume particular relevância a estreia, agendada para esta segunda-feira, 8 de novembro, de um dos mais recentes navios da prestigiada frota da Princess Cruises, o “Sky Princess”.

O navio de cruzeiros norte-americano, o quarto da classe Royal, encontra-se em viagem transatlântica de 13 noites, entre Southampton e Fort Lauderdale, numa rota que, além de Ponta Delgada, inclui visitas a Antígua e St. Maarten. A bordo viajam cerca de 1500 passageiros, a maioria dos quais de nacionalidade norte-americana, que são aguardados pelas 16:00 horas de hoje e vão pernoitar na cidade micaelense. Prevê-se que cá permaneçam até cerca das 14:00 horas de terça-feira, numa escala de 22 horas de duração.

Inaugurado em outubro de 2019, o “Sky Princess” foi construído na Itália pelos estaleiros Fincantieri, em Veneza. Com 330 metros de comprimento, 38 metros de boca e 8,5 metros de calado, possui 145,281 mil toneladas de arqueação bruta e tem capacidade máxima para acomodar 3660 passageiros e 1346 tripulantes. Disponibiliza, ainda, 19 decks públicos, com um total de 1830 cabines, 80% das quais são exteriores, com balcão.

Em 2022 este navio deve regressar aos Açores, em março, aquando do reposicionamento europeu, e em novembro, quando rumar ao continente americano, de novo.