Destaques

2021-02-19

Na madrugada de 1 para 2 de outubro de 2019, o furacão “Lorenzo” passou pelo arquipélago dos Açores, afetando, maioritariamente, os grupos Central e Ocidental.

O rasto do furacão levou à destruição total do molhe e cais comercial das Lajes das Flores.

Desde então, o abastecimento da Ilha das Flores é feito, essencialmente, pelo Navio “MALENA” que, no dia 16 de fevereiro de 2021, assinalou a sua 100ª (centésima) manobra, no cais – 5 do porto.

O vídeo retrata a nossa operação portuária, ao serviço do “MALENA”, com sentido de missão cumprida.

 

Vídeo produzido e realizado pelo Cdt Filipe Gomes com a colaboração dos trabalhadores Jorge Freitas e João Nicolau.

 

2021-02-01

O Porto de Ponta Delgada, situado na Ilha de São Miguel, representa cerca de 65% do movimento de mercadorias, nos portos comerciais dos Açores.

Face à importância de todos os portos comerciais da Região e de uma das missões da Portos dos Açores, que é garantir o abastecimento de bens, a todas as ilhas do Arquipélago dos Açores, e circulação de pessoas entre ilhas, em especial, o porto de Ponta Delgada, pela sua representatividade, no âmbito do investimento para a sua reabilitação,  foi lançado Concurso Público Internacional para Empreitada de Obra Pública para o Reperfilamento do Cais – 10m (ZH), Repavimentação do Terrapleno portuário, beneficiação das redes técnicas e dragagem da bacia portuária.

A Empreitada foi adjudicada ao Consórcio Externo das empresas Teixeira Duarte / Tecnovia Açores / Marques S.A. / Etermar / Seth, pelo valor global de 38.690.000,00€, acrescido do IVA, e a consignação da obra ocorreu no dia 15 de maio de 2020.

No dia 15 de janeiro do corrente ano, a Portos dos Açores assinalou a colocação do primeiro caixotão-fabricado, para a criação da nova frente de cais, marcando o novo alinhamento norte do Cais Comercial de Ponta Delgada.

A colocação dos caixotões, na sua posição definitiva, foi feita com o apoio do rebocador “Eng.º Pedro Barreto”, da Lancha de Pilotos “Portas do Mar” e com recurso a mergulhadores especializados.

Esta intervenção visa o aumento do terrapleno em mais 25 metros, beneficiando o Porto de Ponta Delgada, para melhor servir os Açores.

1 2 3